sábado, 30 de janeiro de 2010

E a natureza ciontinua seu trabalho...




segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Colocando a casa em ordem...

O milho já está cheio de espiguinhas e todo dia chove um pouco à noite.
Agora, o tempo é de arrumar toda a bagunça que alguns dias fora provoca.
O mato cresce absurdamente e mantê-lo pequeno dá muito trabalho.
Sábado foi meu aniversário e passei o dia todo à toa mesmo...
Nossa maior distração tem sido o peixão do lago... Já está 2x0 para ele!!!
Já quebrou 2 anzóis! O lance é que ele gosta muito de goiaba e todo dia dou uns pedacinhos para ele, às vezes, com um anzol e uma linha junto...
Mas que nada! Ele não se faz de rogado, come numa boa e arrebenta a linha!
Mas continuaremos na luta! Esse peixão ainda há de vir para minha panela!!!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Tudo em paz!

Agora sim, tudo bem!!! Meu amor voltou, estamos aqui no sítio.
Nossa nova missão é pescar o peixão do lago. Aguarde notícias!
Amanhã é meu aniversário!!!

Tudo em paz!

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Sapeca Mesmo!!!

Hoje essa bezerrinha fez jus a seu nome e me deu muito trabalho. Caiu no córrego e foi para o lado da vizinha. Foi extremamente difícil voltar com ela. Se não fossem meus vizinhos eu não teria conseguido. Mas, no final, deu tudo certo. Ela deu um mergulho de volta e agora está fechadinha no curral, seu lugar de direito.
Sítio é assim mesmo, cada dia uma surpresa!
Às vezes algumas são ruins! Faz parte da vida!!!
O importante mesmo é saber resolver cada problema que aparece e assim ir aprendendo a sobrepor cada barreira que nos é imposta!

sábado, 16 de janeiro de 2010

In times like these...

In times like these
in times like those
what will be, it will be
And so it goes...

domingo, 10 de janeiro de 2010

Mais um dia quente...

Hoje irei à tarde no sítio. Meus celularares pifaram e ando meio sem comunicação.
Mas tudo bem, hoje em dia tudo é produzido para quebrar o mais rápido possível, é tudo descartável!
Antigamente as coisas eram feitas para durar a vida toda... Bons tempos... Boas coisas...
A saudade continua aqui, todo o tempo pensando em meu amor.
Esse calor horroroso também continua, dando uma moleza... credo!

sábado, 9 de janeiro de 2010

Altas temperaturas...

Realmente a cada dia fica mais e mais quente. Este verão está demais, dá uma saudade do inverno, aquele friozinho, dormir juntinho enrolados no edredom...
Mas hoje ainda estou na minha mãe, morrendo de calor e de saudades do meu amor...
Hoje foi dia de tirar leite. A turminha do sítio certamente estranha toda aquela quietude pela falta dos meninos. Mas eles fazem falta mesmo! Hoje estava faltando uma de minhas melhores galinhas: a Margareth! Já tinham roubado uma cadeira das que ficam do lado de fora, na varanda.
Caminhamos para o caos, disso tenho certeza, infelizmente. Tanta impunidade criou um espírito de confiança e falta de vergonha na cara da pessoas...
O fato de não estarmos lá o tempo todo não dá o direito à qualquer um entrar e levar o que quiser. E vou lá todo dia! Imagine se tivesse viajado por vários dias??
Enquanto isso, Lula e seu decreto 7037 junto aos "Direitos Humanos" (detesto esse pessoal de "Direitos Humanos", já percebeu que eles só defendem o direito dos bandidos???) deixa os agricultores sem defesa de suas propriedades, onde vamos parar???
Quero ir embora deste país!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Que venha 2010!

Estou atrasada, em falta mesmo. Mas sempre é aquela correria que inventamos...
Tudo bem, que também tenho lido muito. Peguei um monte de livros na biblioteca para as férias e acho ótimo relaxar e ler bastante. A programação da tv ajuda mais ainda a reforçar minha vontade de ler...
Bem, vejamos:
Reveillon estava somente eu e meus cães na casa da minha mãe, na cidade. Meu amor foi para a civilização visitar a mãe dele e eu aqui, todos saíram para o baile e Lord deu o maior chilique. Meia noite e eu estava a acalentar meu cachorro. Ele morre de medo de foguetes. O Seabão só ficou com os olhos arregalados, mas o Lord, ele realmente deu um show. Tadinho, ficou desesperado, chorando, gritando, tremendo... Foi com muita dificuldade que consegui acalentá-lo e depois fui dormir.
Agora, nesta semana, serão dias de saudade...
É que é muito difícil ficar longe de alguém que é como se fosse parte de mim, fica tudo estranho, faltando um pedaço. Às vezes acho que é loucura ficar tão grudado assim porque quando, eventualmente, temos que nos separar, mesmo que sejam alguns dias, é mesmo muito ruim, bem triste...